quinta-feira, junho 26, 2014

Livro "BH nas Ruas"

Já está disponível o livro “#BHNASRUAS: uma experiência de cobertura colaborativa”, que registra a experiência de um grupo de alunos de Comunicação da UFMG durante a cobertura das manifestações de junho de 2013.

O livro foi escrito por 15 dos estudantes responsáveis pelo projeto e organizado pelos professores do PPGCOM/UFMG Carlos d'Andréa e Joana Ziller, que escreveram também a introdução. O posfácio é da profa. Geane Alzamora, também do PPGCOM/UFMG.

Aos que estiverem em BH, o lançamento será na, dia 27/06/2014, a partir das 18h na Livraria Quixote (rua Fernandes Tourinho, 274, Savassi).

O livro já pode ser adquirido (com frete grátis) pelo site da editora Letramento.


Sobre “#BHNASRUAS: uma experiência de cobertura colaborativa”

A obra registra a experiência de um grupo de alunos de Comunicação da UFMG durante a cobertura das manifestações de junho de 2013 e seus desdobramentos.

Detalhes da construção da página (https://www.facebook.com/BHnasRuas), produção de conteúdo, polêmicas e desafios são contados pelos autores, que explicam o crescimento individual e os aprendizados proporcionados pela experiência.

A obra certamente é de interesse de estudantes e profissionais de Comunicação e de Jornalismo, mas também de qualquer pessoa interpelada pela intensa dinâmica do mês que mudou a história recente do Brasil.

Sumário:

#Introdução - BH: mídia e movimentos nas ruas da cidade
#Capítulo1 - Construindo uma identidade editorial, técnica e visual
#Capítulo2 - Articulação web x rua
#Capítulo3 - Cobertura em tempo real
#Capítulo4 - Cobertura Colaborativa
#Capítulo5 - Linguagem
#Capítulo6 - Interação com público
#Capítulo7 - Diálogos com a mídia tradicional
#Posfácio - Lições de jornalismo no outono brasileiro – uma reflexão sobre o #BHNASRUAS
Referências bibliográficas

terça-feira, maio 20, 2014

Livro "Ruas e Redes: Dinâmicas dos ProtestosBR" (2014)

Atualização: o lançamento será lançado no sábado, 02 de agosto de 2014, no Centro Cultural do Banco do Brasil, em Belo Horizonte.

O livro "Ruas e Redes: Dinâmicas dos ProtestosBR", organizado pela professora Regina Helena Alves Silva, reúne trabalhos de pesquisadores do grupo de pesquisa Centro de Convergência em Novas Mídias (CCNM)

Entre os capítulos está o artigo "Imagens violentas nas manifestações de 2013: multiplicidades, estética e dissenso nas narrativas em vídeo de comuns e de instituições", assinado por Carlos d’Andréa e Joana Ziller (leia uma versão resumida publicada no suplemento SobreCultura, da Ciência Hoje, em julho/2014.

- Ver matéria "Política e as redes" publicada pelo jornal Estado de Minas

A obra, publicada pela Editora Autêntica, tem 192 páginas e traz seis artigos sobre os protestos que eclodiram no país em junho de 2013. Os 12 pesquisadores que assinam os artigos são: Regina Helena Alves Silva, Paula Ziviani, Carlos d'Andréa, Joana Ziller, Geane Alzamora, Tacyana Arce, Raquel Utsch, Sônia Caldas Pessoa, João Marcos Veiga, Valdeci Cunha, Inês Correia Guedes, Amanda Chevtchouk Jurno e Gabriel Mascarenhas Ribeiro de Paula.
Leia abaixo a apresentação assinada por Regina Helena Alves Silva e Paula Ziviani e o sumário do livro:

A contracapa é assinada por Livia de Tommasi, da Universidade Federal Fluminense (UFF): "As conexões inéditas entre as ruas e as redes sociais, a amplificação e instantaneidade das comunicações, a circulação das imagens e das ideias que o uso da internet torna possível produzem um espaço político multifacetado que não se deixa facilmente capturar".

O professor Carlos Fortuna, da Universidade de Coimbra, escreveu a orelha do livro: "Este é um livro acerca dos usos dos espaços urbanos situados entre os edifícios das cidades e ao redor deles. Parece estranho anunciá-lo deste modo. Como se não fosse esse o lugar onde a ação política mais e melhor se expressa. Contudo, muitas das narrativas sobre o político surgem silenciadas ou invisibilizadas pelos quadros teóricos e analíticos que usamos correntemente para compreender/descrever a realidade política urbana". Ainda de acordo com o professor: "Este Ruas e Redes trata de ruas, praças e boulevards de insurreição e rebeldia. Tudo recente… tudo incandescente. Começou há pouco, em Tiananmen. Varreu Sintagma, fez explodir Tahrir, revelou-se na Plaza del Sol… Em seguida passou o Atlântico e fala português. Os espaços públicos urbanos tornados tecnologia política que suporta dinâmicas de protesto social é a narrativa contida nas instigantes sete peças que compõem um livro que se lê de um fôlego".