segunda-feira, novembro 05, 2012

Lançamento do livro "Jornalismo convergente"


A organização do primeiro livro a gente nunca esquece... 

Quem estiver em Curitiba está convidado a brindar conosco. Mais pra frente, quem sabe, teremos um lançamento em BH e em outras cidades.

Seguem abaixo as informações sobre “Jornalismo convergente: reflexões, apropriações, experiências”, que já já estará está à venda pelo site da Insular (e através dos pesquisadores-livreiros, claro...). 

Meus agradecimentos sinceros aos colegas da rede JorTec, à colega e parceira Raquel Longhi e ao companheiro Rogério Christofoletti.

Sobre o livro

"Convergência" é um dos conceitos que esclarece e identifica as várias transformações que afetam o jornalismo contemporâneo, que cada vez mais pode ser entendido como um "jornalismo convergente". Deste cenário surgem os novos desafios e possibilidades para produção de conteúdos, mudanças na formação profissional e nos veículos de comunicação, independentes ou vinculados a grandes conglomerados de mídia.


Foi a partir deste panorama que a rede de Pesquisa Aplicada Jornalismo e Tecnologias Digitais (JorTec) elaborou o livro “Jornalismo convergente: reflexões, apropriações, experiências”, que reúne artigos inéditos de 17 pesquisadores de diferentes instituições de ensino e pesquisa. O lançamento ocorre no dia 09 de novembro, durante o 10° Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo/SBPJor, que acontece na PUC-PR, em Curitiba.

A obra foi organizada por Raquel Longhi (UFSC) e Carlos d’Andréa (UFMG), é editada pela Insular e conta com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PosJor) da UFSC. É composta por 14 capítulos, divididos em três partes: em Reflexões, são problematizadas questões teóricas e aplicadas sobre jornalismo e convergência na contemporaneidade. Em Apropriações, os capítulos abordam as práticas do jornalismo convergente sob diferentes perspectivas teóricas e metodológicas. Na terceira parte (Experiências) são apresentadas experiências pedagógicas e profissionais ,advindas desse contexto.

Serviço:
Livro: “Jornalismo convergente: reflexões, apropriações, experiências”
Organizadores: Raquel Longhi (UFSC) e Carlos d’Andréa (UFMG)
Editora: Insular
Apoio: Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (PosJor) da UFSC
Preço de capa: R$40 (à venda em breve pelo site www.insular.com.br)
Páginas: 272
ISBN 978-85-7474-641-8


Relação de capítulos:

Parte 1 – Reflexões


- A narrativa jornalística transmidiática: considerações sobre o prefixo trans (Geane Carvalho Alzamora e Lorena Tárcia)

- WebTVs no cenário da(s) convergência(s): a produção audiovisual por veículos jornalísticos de tradição impressa (Carlos d'Andréa)

- “Era do Big Data” impulsiona o desenvolvimento do jornalismo computacional (Walter Teixeira Lima Junior)

- Jornalismo Semântico: Uma Visão em Direção ao Futuro do Jornalismo Online (Cleber Gouvêa e Stanley Loh)

- Vulnerabilidades, ameaças e desafios para a manutenção da liberdade e não discriminação na rede telemática conectada (Diólia de Carvalho Graziano)


Parte 2 – Apropriações

- Convergências tecnológicas, mídias aditivas e espiralação de conteúdos jornalísticos (S.Squirra)

- Notícia e convergências nas RSIs: uma experiência social (Raquel Longhi e Ana Marta Moreira Flores)

- Produção convergente em webjornais de referência: a apropriação de redes sociais em formatos hipermidiáticos no Clarín.com, FT.com e NYTimes.com (Carolina Teixeira Weber)

- Internautas, FHC e liberdade de imprensa: repercussões da palestra do ex-presidente em tempo real (Carlos Alberto Zanotti)

- Protocolo de qualidade para conteúdos em Ciberjornalismo: estudo comparativo Espanha e Brasil em portais de notícias de referência (Gerson Luiz Martins)

- Os valores-notícia no webjornalismo (Sônia Padilha)


Parte 3 – Experiências

- Complexidades, sistemas e redes sociais: metamorfoses do ensino-aprendizado (Demétrio de Azeredo Soster)

- Estágio curricular em Jornalismo e convergência de mídias: o caso do Editorial J (Marcelo Träsel)

- Jornalismo convergente através de plataformas de altíssima resolução: o Projeto 2014K (Carla Schwingel)