terça-feira, agosto 31, 2010

Agenda cheia para o Intercom 2010

Começa nesta sexta (dia 03 de setembro) o XXXIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Mais conhecido como Intercom 2010, também poderia ser chamado de "a festa da democracia" acadêmica, dada a grande quantidade de pessoas (estudantes de graduação, principalmente) e a diversidade de trabalhos e idéias (nem sempre muito relevantes, diga-se).

No esforço de me programar para o evento em Caxias do Sul, compartilho aqui algumas anotações e compromissos pessoais.

Para informações mais gerais, sugiro o PDF com a programação completa, os anais com todos os trabalhos (boa iniciativa antecipar a publicação!) e a programação dos Grupos de Pesquisa.

No domingo 05/09) à tarde apresento um trabalho na sessão 2 (Convergência das mídias e cultura participativa I - Jornalismo colaborativo online) do Grupo de Pesquisa em Cibercultura. O paper chama-se Fragmentação e wikificação: a morte de Zilda Arns na cobertura do G1 e da Wikipédia em português - um estudo de caso que dialoga com a minha tese (sempre em andamento...) e suas relações com o jornalismo.

Veja também a programação completa do GP Cibercultura, que acontece do sábado, dia 04, a segunda, dia 06/09. Boa parte do tempo devo estar por lá.

Seis trabalhos dos alunos do curso de Jornalismo da UFV são finalistas do Expocom nas modalidades Jornalismo e Produção Editorial (leia matéria completa sobre a participação da comitiva do curso). Eles se apresentam no sábado, de manhã e à tarde.

Tenho compromisso marcado com os dois orientados por mim: Website institucional e blog Bangalô de Flores.

Vários alunos do curso marcam presença também no Intercom Jr - ao todo são 12 trabalhos. Ainda que não tenha sido o orientador, fiquei feliz em ver a maioria deles no DT5 - Comunicação Multimídia. Tentarei prestigiá-los no sábado.

Na segunda-feira, dia 06/09 (já contando os minutos para o voo de volta), estarei na mesa redonda Metamorfoses jornalísticas, mediada pelo Demétrio de Azeredo Soster (UNISC) e com a presença de Fabiana Piccinin (UNISC), Fernando Firmino da Silva (UEPB/UFBA) e Nelia Del Bianco (UNB).

Trata-se de mais um desdobramento do livro lançado no ano passado - que, inclusive, será relançado no domingo à noite, no V Publicom.

Voltando ao início do evento, na sexta, dia 03/09, às 19h, será lançada a Enciclopédia Intercom de Comunicação, com a qual colaborei com o verbete "Enciclopédia" (!). Promete ser um livro de fôlego, estou curioso para ver.

Sigam-me os bons :)

segunda-feira, agosto 30, 2010

Evento "Ensino de Jornalismo e Convergência"

Nos dias 26 e 27 de agosto estive em Florianópolis para o "I Seminário de Ensino de Jornalismo".

Como estava em "missão oficial" (como coordenador de curso, quero dizer), acabei publicando um post no blog "Em Viagem", um dos desdobramentos do site do curso da UFV.

Dê um passada por lá então...

quarta-feira, agosto 18, 2010

WikiFactCheck, ou checando dados através de um wiki

Há algum tempo venho falando e escrevendo sobre as potencialidades de uma wikificação das práticas jornalísticas, o que permitiria que as redações e os profissionais da notícia incorporassem parte das práticas bem-sucedidas dos wikis e, em especial, da Wikipédia (ver artigos publicados em 2009 e 2010).

Um projeto lançado há pouco nos EUA exemplifica bem uma possibilidade dessa wikificação: o WikiFactChecker, um wiki voltado para checagem colaborativa e aberta de informações "suspeitas" divulgadas por fontes e instituições.

A checagem piloto parte de um debate político no programa Face the Nation, da rede de TV CBS. A íntegra da discussão foi reproduzida no wiki (fora disponibilizada anteriormente no site da emissora!) e todos estão convidados a conferir e questionar os dados e versões divulgados pelos republicanos e democratas.

A adesão dos voluntários nos primeiros dias parece pequena, é verdade, mas o potencial é enorme, ainda mais se concentrado em eventos específicos como este programa de TV.

O mentor do projeto é o professor Andrew Lih, autor do livro Wikipedia Revolution e professor da University of Southern California Annenberg School of Communication and Journalism.

A acompanhar, sem dúvida.

Para mais, ler o artigo Truth-o-Meter, 2G: Andrew Lih wants to wikify fact-checking.

Atualização: nos comentários, o todearaujo lembrou uma interessante experiência de apuração distribuída liderada pelo jornal The Guardian no ano passado. A experiência está relatada neste artigo do Marcelo Träsel.