quinta-feira, julho 15, 2010

Notas e links de (mais um) semestre corrido

O tempo correu, o twitter absorveu, a estrada BH-Viçosa semanalmente me jogou pra lá e pra cá, a coordenação de curso é uma reponsa, o doutorado cada vez mais fungando no cangote...

... e o semestre passou sem eu nem mesmo fazer os jabás por aqui.

De trás para frente, começou muito bem o blog Em Viagem, uma nova produção minha com uma ótima equipe de alunos do curso. A idéia é registrar experiências, relatos, curiosidades das viagens (cada vez mais frequentes, felizmente) de intercâmbio, extensão, pesquisa etc. Neste momento temos correspondentes na China, em Rondônia e Pernambuco - até o fim de julho, também na Paraíba.

Está quase pronto um hot site com audioslides que a turma de Jornalismo Multimídia produziu. Seguindo exemplos do NYTimes, revista Brasileiros, Clarín e outros, entrevistaram pessoas e cobriram eventos de Viçosa. Do material já publicado, gostei bastante do perfil do Irmãozinho, o vigia da principal avenida da cidade, e da entrevista muito bem ilustrada sobre a Procissão de Santa Rita.

Ainda nas produções, foi de encher de orgulho a participação dos alunos no Intercom Sudeste, em Vitória. No Expocom, foram cinco prêmios, dois sob minha orientação - Site Laboratório (modalidade Web site) e Bangalô de Flores (modalidade blog). Vamos todos para Caxias do Sul, em setembro.

Lá em Vitória apresentei o único paper do semestre: Wikificação como modelo de edição de conteúdos jornalísticos na web. É uma continuidade do artigo publicado no livro Metamorfoses Jornalísticas 2 e, de algum modo, um trecho da tese que pretendo defender no próximo ano. Também tive a honra de, a convite do Fábio Malini, participar de uma mesa sobre cultura e nativos digitais com o Alex Primo e a Fernanda Bruno. Não comprometi, acho.

O semestre teve ainda longas jornadas de discussão do novo Projeto Pedagógico e da nova estrutura do curso de Jornalismo da UFV (praticamente prontos agora), orientação de TCCs (uma monografia sobre metodologias de monitoramento de mídias sociais e um DVD-ROM sobre o maestro viçosense Hervê Cordovil), muitas reuniões.

Acho que tudo isso é para me convencer que estou entrando de férias.

De amanhã em diante, rumo ao São Francisco: