quarta-feira, agosto 18, 2010

WikiFactCheck, ou checando dados através de um wiki

Há algum tempo venho falando e escrevendo sobre as potencialidades de uma wikificação das práticas jornalísticas, o que permitiria que as redações e os profissionais da notícia incorporassem parte das práticas bem-sucedidas dos wikis e, em especial, da Wikipédia (ver artigos publicados em 2009 e 2010).

Um projeto lançado há pouco nos EUA exemplifica bem uma possibilidade dessa wikificação: o WikiFactChecker, um wiki voltado para checagem colaborativa e aberta de informações "suspeitas" divulgadas por fontes e instituições.

A checagem piloto parte de um debate político no programa Face the Nation, da rede de TV CBS. A íntegra da discussão foi reproduzida no wiki (fora disponibilizada anteriormente no site da emissora!) e todos estão convidados a conferir e questionar os dados e versões divulgados pelos republicanos e democratas.

A adesão dos voluntários nos primeiros dias parece pequena, é verdade, mas o potencial é enorme, ainda mais se concentrado em eventos específicos como este programa de TV.

O mentor do projeto é o professor Andrew Lih, autor do livro Wikipedia Revolution e professor da University of Southern California Annenberg School of Communication and Journalism.

A acompanhar, sem dúvida.

Para mais, ler o artigo Truth-o-Meter, 2G: Andrew Lih wants to wikify fact-checking.

Atualização: nos comentários, o todearaujo lembrou uma interessante experiência de apuração distribuída liderada pelo jornal The Guardian no ano passado. A experiência está relatada neste artigo do Marcelo Träsel.

Nenhum comentário: