terça-feira, fevereiro 10, 2009

Wiki links: Forensepedia, WikiDashBoard, FutureMelbourne

De volta à correria: prazos de submissão quase vencendo, aulas em vias de recomeçar e viagem semanal já no ritmo do semestre. Por ora, portanto, alguns links e breves comentários:

- Foi lançada na semana passada a Forensepedia, uma enciclopédia jurídica nos moldes da Wikipédia. Acompanhei o fim das discussões de implementação captaneadas pelos Gustavo D'Andréa (sim, certamente é meu parente, mas ainda não pesquisamos o elo de ligação) e boto fé que o projeto vai dar certo. Torço para que cai nas graças daqueles advogados aposentados, donos de bibliotecas enormes e loucos para publicar suas idéias...

- A equipe do Palo Alto Research Center (já citamos eles por aqui) lançou uma ferramenta interessantíssima: o WikiDashBoard gera uma representação gráfica do histórico de alterações de qualquer página da Wikipédia, permitindo identificar, entre outras informações, os usuários que mais atualizaram uma página e como as contribuições se distribuem numa linha de tempo. Pesquisei o processo de edição do artigo Minas Gerais e obtive o seguinte gráfico:


Além da explicitar ainda mais a transparência das ações da Wikipédia, outro mérito do WikiDashBoard é que ela parece ser a mais simples das ferramentas de análise gráfica de um wiki - digo parece porque ainda estou mapeando e testando outras, e pelo menos uma delas deve me ajudar na coleta de dados do doutorado.

Vi a dica primeiro no if:book e recomendo a leitura do artigo Who's Messing with Wikipedia?.

- Publicado em 2008, o texto The Wikification of Knowledge é uma leitura básica e obrigatória para contextualizar a oposição especialistas x multidão que caracteriza tantos debates hoje. Uma coisa interesse é que o autor, Kenneth S. Kosik, é neurocientista, e exemplifica toda sua argumentação com o jornalismo e a medicina. A dica veio do Los Futuros del Libro, que amplia o debate.

- Circulou na lista da Aoir um projeto interessante de uma das metrópoles canadenses: o FutureMelbourne pretende ser um ponto wiki de discussão sobre os rumos da cidade. Me lembrou o Police Act Review, que também é um projeto de e-gov.

Nenhum comentário: