domingo, novembro 16, 2008

Orçamento Participativo Digital - alguns comentários

Ainda está acontecendo o pleito pela nova ocupação do mercado distrital de Sta Tereza, mas os eleitores sediados em Belo Horizonte já podem participar de mais uma votação via internet: o Orçamento Participativo Digital, promovido pela segunda vez pela PBH.

Em 2006, votou-se em uma obra de cada regional. Este ano, só uma obra será selecionada. O foco foi alterado para obras viárias, que melhoram a circulação pela cidade, que piorou muito nos últimos anos. O valor estimado das obras é de R$ 32 a 46 milhões.

Alguns comentários:

- tenho dúvidas quanto à adequação de uma votação popular para decidir a realização de obras tão estruturais quantos as concorrentes deste ano. Intervenções desta proporção devem ser parte de um planejamento cuidadoso da prefeitura, não?

- Dos 10.452 votos computados até este momento, 45,74% são pela realização da obra 4, que é uma intervenção na ligação do bairro Belvedere, uma das regiões mais nobres da cidade, com a cidade de Nova Lima. Sem dúvidas é uma área crítica do trânsito de BH, mas parece-me impossível dizer que é a mais importante. Certamente o fator inclusão digital está pesando decisivamente , e deve decidir numa escolha que, repito, devia ser da PBH.

- A votação pela nova ocupação do Mercado de Santa Tereza está sob suspeita: foi identificado um voto em nome do ex-prefeito Célio de Castro, que faleceu em julho deste ano. Ainda não há uma decisão oficial da prefeitura.

Atualização em 27/11 - Votar por outras pessoas e fraudar o sistema parece mais fácil que usar títulos de "mortos": a Raquel Camargo explica porque (e como).

Na primeira edição, o OP Digital registrou 503.266 votos. A meta (não divulgada) certamente é bater este índice. A votação vai até 08 de dezembro e acontece também via telefone: 0800 723 22 01.

4 comentários:

Joséllio Carvalho disse...

Acho que uma votação para uma obra pública não deveria ser feita pela internet. A não ser que a prefeitura disponibilizasse terminais de votaçao em todos os locais envolvidos. Boa discussão. Abs.

Anônimo disse...

Verifique no site que existem mais de 271 pontos públicos de votação.

Abs

Carlos d'Andréa disse...

Olá, anônimo,
resta saber até que ponto estes pontos podem influenciar. De todo modo, interessante observar que a votação da obra 4 ultrapassou a 5. Acompanhemos.

Da próxima, deixe nome e e-mail, ok

Raquel Camargo disse...

Ei Carlos,
não teve a repercussão que eu imaginei que teria, infelizmente.
Enquanto isso, a possibilidade de fraude permanece... :(

abraço