quarta-feira, outubro 10, 2007

Clicky, estatísticas a la web2.0

Estou há uma semana usando um novo serviço de monitoramento das visitas ao blog e já posso afirmar: o Clicky é simplesmente sensacional.

Alguns motivos:

- A interface é totalmente intuitiva, muito mais simples que todos que conheço, inclusive o Google Analytics. Comparar com Webtrends e afins, nem pensar: o Clicky é uma solução limitada mas plenamente satisfatória para blogs e sites de pequeno porte.


- Permite acompanhar não apenas o número de visitas, tempo de permanência, ip, browser, resolução de tela, sistema operacional etc, mas ainda as ações do usuário, isto é, se ele clicou em alguns dos links indicados no site ou baixou algum arquivo.

- É possível receber via RSS o total de visitas por dia, as buscas que culminaram em page views, de que links externos seus visitantes chegam e em que cidade eles estão.

- Se seu RSS é gerado via FeedBurner, é possível monitorar quantas pessoas leram o blog diariamente através do feed.

Os poréns:

- Um bug aparente é na indicação de alguns pontos no Google Maps. Este blog estaria recebendo, por exemplo, constantes visitas de algum residente em algum lugar entre as cidades de Guarantá do Norte e Peixoto de Azevedo, no Mato Grosso (tem alguém aí dessa região?). No mapa geral, o ponto não aparece.

- O serviço é gratuito para até 1.000 pageviews/dia.

- Não tem um dos serviços mais interessantes do Google Analytics, a possibilidade de acompanhar a conversão de visitantes, isto é, se o usuário efetuou os cliques esperados para, por exemplo, efetuar uma compra. No caso de um blog, é um recurso pouco relevante, já que habitualmente não há conversões mais complexas a serem feitas.

- É viciante.

Nenhum comentário: