quarta-feira, outubro 31, 2007

A Cauda Longa da TV (via internet)

Juarez Queiroz, diretor do portal Globo.com: apenas 5% do conteúdo do Globo.com geram 80% dos acessos do portal (ponto para a teoria da Cauda Longa). Por questões legais e de audiência, a emissora não pretende apostar em transmissão ao vivo, via web, dos eventos esportivos das TVs aberta e fechada.

Chris Deering, do portal de distribuição de vídeos Jalipo: a revolução da internet é a possibilidade de ter um público menor, com custo mais baixo. “Distribuir conteúdo por satélite tem um custo fixo, não importa para quantas pessoas esse conteúdo seja distribuído. Na Internet, o custo de distribuição é variável”. E coloca em xeque a tese de Queiroz, apontando mercado para o conteúdo ao vivo: “há mais de 10 milhões de fãs de vôlei na Europa, mas virtualmente nenhuma transmissão comercial na televisão”.

Ambos foram palestrantes do Congresso TV 2.0, que acontece em SP.
Mediante cadastro, vale acompanhar a cobertura da Tela Viva.

Leia também o post IPTV x TV Digital.

Nenhum comentário: