sexta-feira, junho 15, 2007

TV Cultura na era digital


O jornalista Paulo Markun assumiu nesta quarta, dia 14, a presidência da TV Cultura e, conforme
matéria do Estadão, já está promevendo uma série de mudanças de gestão e foco de atuação da emissora.

Sua gestão tem 7 objetivos, diz Jotabê Medeiros: fortalecer a interação com o espectador; criar novos canais para o funcionamento da TV digital; criar conteúdo para novas mídias; ampliar a prestação de serviços multimídia para parceiros privados ou institucionais; estimular a produção independente; avançar na digitalização do acervo; firmar compromisso com os organismos nacionais de TV Pública.

Nada menos que 5 das 7 metas estão ligadas às novas tecnologias, provando que inclusive as emissoras públicas deve estar atenta à convergência de mídias e superar seu escopo original de atuação. Outra meta é criar o portal Roda Viva.

O reposicionamento atual da emissora é, certamente, discreto. De destaque, só a grife Cultura Marca, que permite que a emissora dê vida longa aos seus programas, transformando-os em produtos. Hoje, dia 15, foi inaugurado um blog. Mas precisam mesmo é de um site novo.

Leia também: Presente e futuro da BBC (e das emissoras públicas)

Update em 20/06 - o Portal Roda Viva já está disponível, em caráter experimental. Em parceria com a Fapesp serão publicadas transcrições (!) de todas as entrevistas já realizadas na TV, além de trechos em vídeo. O prazo para conclusão é de um ano.



Nenhum comentário: