sexta-feira, fevereiro 24, 2006

Novas Mídias, velhos monopólios

Como a Copa do Mundo da Alemanha vai influenciar o mercado das Novas Mídias no Brasil? As previsões são bem otimistas: como a maioria dos jogos será realizada à tarde, a internet deve ser o principal meio disponível para um significativo número de trabalhadores. Soma-se ainda a popularização da banda larga: hoje são cerca de 7,5 milhões de usuários no Brasil, cinco vezes mais que na Copa da Ásia.

Alguns fatores jurídicos e econômicos, no entanto, prometem diminuir ou até impedir o festival de informações que se espera de um evento deste porte.

A Rede Globo publicou antes do carnaval anúncios em jornais de circulação nacional alertando para sua exclusividade na Copa e a necessidade de outras empresas procurá-la para adquirir os direitos de transmissão, inclusive na internet (a princípio uma exclusividade da Globo.com, para assinantes) e via celulares (por enquanto fechou apenas com a Vivo).

Outra informação mostra restrições ainda maiores: a Fifa vai proibir a publicação de fotos em sites durantes o jogos do Mundial - e após a partida, o limite será de 10 imagens. Só serão serão credenciadas as empresas que obedecerem a estas regras, informa a entidade, que já tem a oposição da Associação Mundial de Jornais: "são interferências tanto na liberdade editorial e na independência quanto uma violação da liberdade de informar", afirmou o chefe-executivo Timothy Balding (ver matéria da Folha de S. Paulo, apenas para assinantes).

segunda-feira, fevereiro 20, 2006

Vc repórter (ou voluntário?)

Sem alarde (quando terá acontecido?), o portal Terra colocou no ar o projeto Vc Reporter, que a exemplo de vários veículos mundiais e o brasileiro Estado de S. Paulo, visa incentivar o envio de conteúdo audiovisual (principalmente fotos) pelos usuários, os chamados repórteres-cidadãos.

Descobri a iniciativa do Terra durante a cobertura do show do U2.

No termo de cessão de direitos imposto aos inscritos, dois pontos chamam a atenção:

1) "O conteúdo deverá ter foco em tragédias, tais como: fotos, textos e/ou vídeos de catástrofes, acidentes coletivos, como enchente, descarrilamento de trens, acidentes de ônibus, dentre outros". Será que apenas este tipo de fato é de interesse jornalístico? Nada mais poderia ser produzido pelos anônimos? Então por que fotografar um show de rock?

2) "Com a presente cessão, o Colaborador autoriza TERRA e/ou seus parceiros a utilizar, sem quaisquer ônus, o conteúdo para veiculação em/e através da Internet e/ou nas Tecnologias de Plataforma Wireless, bem como em qualquer outra mídia, incluindo, mas não se limitando a rádio, televisão aberta ou por assinatura, portais de voz, entre outros". Ou seja: trabalhe de graça para os outros, quem sabe sua foto não aparece até no jornal ou na TV!

Ah, sim: procuramos as possíveis fotos dos colaboradores presentes nos shows do U2, mas na página especial permanece apenas um convite para os voluntários...

domingo, fevereiro 19, 2006

Novo IG

O portal IG está de cara nova.

Desde a última quinta, dia 16/02, está no ar seu novo projeto gráfico, que já vem sendo comparado com a arquitetura da informação (informações em boxes) e layout (cores frias, com muito cinza) há algum tempo adotados pela Globo.com.

As novidades de conteúdo são o maior espaço dedicado aos blogs, que parecem se firmar como espaço para articulistas livres para trazerem o "calor" da web para o ambiente ainda burocrático das redações online, e uma tendência em explorar o conteúdo de banda larga (principalmente vídeos), privilegiando assinantes, como rege o modelo de negócios predominante no Brasil.

Ao navegar, um benefício é imediato: a substituição dos pop-ups e pop-unders (aquelas famigeradas janelas publicitárias que só atrapalham o visitante) pelo formato "super-banner".

sábado, fevereiro 18, 2006

Stones e pedradas

Nesta semana, dois acontecimentos aparentemente opostos - novas reações contra a reprodução de charges ofensivas ao profeta Maomé e os megashows dos Rolling Stones em Copacabana e U2 - trazem-nos ao menos uma característica comum: a capacidade de reunir multidões em torno de grandes manifestações políticas, culturais ou ao menos midiáticas.

Não há dúvida que a rápida dissemição de informação através da novas tecnologias, especialmente a internet, teve papel fundamental neste processo. É impressionante, por exemplo, que a publicação (no ano passado) de 12 charges de mau gosto em um jornal obscuro de um país até então inexpressivo politicamente tenha nos colocado à beira de um conflito entre civilizações. Tamanha repercução só foi possível após uma divulgação muito rápida via redes eletrônicas, colocando frente a frente os valores muito distintos de Ocidentais (liberdade) e Orientais (sagrado).

Em interessante entrevista publicada no último domingo no caderno Mais!, da FSP, o historiador norte-americano Robert Darnton vai além: "A comunicação entre culturas não traz a compreensão automática, e mesmo no longo prazo as coisas podem piorar. Por mais que tenhamos fé na comunicação aberta e na capacidade da mídia se espalhar e penetrar em territórios distantes, acho que seríamos inocentes se achássemos que a comunicação por si mesma nos levaria a um final feliz" (íntegra da entrevista só para assinantes UOL ou FSP).

Do lado de cá, mais histeria. Milhões de fãs vão se espremer hoje em Copacabana para ao menos ouvirem o show dos Rolling Stones; milhares se penduraram ao telefone, enfrentaram filas ou ficaram online para conseguir ingressos para as apresentações do U2, e agora acampam à espera da abertura dos portões. Nínguém duvida do peso dos eventos; as passagens anteriores das bandas pelo Brasil, no entanto, definitivamente não provocaram tamanho frenesi, ainda que fossem estréias. Quantas comunidades Eu vou, Eu consegui ingresso etc já devem se espalhar nos sites de relacionamento? Vamos aguardar os fotologs com imagens escuras dos eventos... Adaptando Darnton, o mundo pop penetrou de vez no distante território tupiniquim e a promessa é de final feliz.

Aumentam a comunicação, a idolatria, vontade de fazer história, a desinformação. As mãos que lançam pedras em embaixadas são as mesmas farão coreografias para o novo DVD dos Stones?

terça-feira, fevereiro 14, 2006

Cruzada anti-spam

Mais uma tentativa de minimizar a perda de tempo e prejuízos causados pelas dezenas (ou centenas, milhares...) de e-mails indesejados ou fraudulentes que recebemos diariamente: o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (CERT.br) lançou esta semana o site AntiSpam.br, que concentra suas orientações na prevenção a ser adotada por cada usuário para evitar a contaminação de sua máquina.

Sem dúvida é a melhor estratégia, já que nessa perseguição de "gato e rato" parece longe o dia os avanços tecnológicos ou ações policiais conseguirão barrar a ações de verdadeiras quadrilhas internacionais.

Saiba como colaborar:

antispam.br

segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Infografia

Novidade amplamente debatida em 2005, e também aqui no blog, o notebook de apenas U$100 proposto por Nicholas Negroponte para combater a exclusão digital, principalmente em escolas do terceiro mundo, parece ter caído no esquecimento. Até o momento nenhum país aparentemente topou investir os milhões esperados para baixar o valor de produção.

Enquanto isso, uma infografia publicada no site Consumer (em espanhol) mostra o funcionamento de cada pedaço da engenhoca projetada no MIT. Alguns detalhes são muito curiosos: a correia que vira fio de tomada e a tampa que, fechada, permite a leitura de textos.

Resta saber como (e se) funcionaria quando o computador cair na mão dos estudantes ...

quinta-feira, fevereiro 09, 2006

Estréia

Olá para todos.
Primeiro de tudo, gostaria de parabenizar o professor Carlos pela criação do blog. Espero que os alunos leiam os textos indicados - a seleção está bem interessante - e também deixem suas contribuições e comentários. Para comemorar com vocês minha estréia aqui, deixo a indicação do site http://www.mediaartnet.org , em que está acessível um vídeo em homenagem a Nam June Paik - considerado o pai da videoarte e que faleceu em 2006. O site disponibiliza ainda trechos de obras de vários artistas vinculados às novas mídias. Vale a pena conferir!

terça-feira, fevereiro 07, 2006

Longa de celular

"SMS Sugar Man", considerado o primeiro longa-metragem gravado inteiramente com celulares, está prestes a ser lançado. Será distribuído em salas de cinema e via aparelhos, em episódios.

Estaremos reinventando a idéia de "uma câmera na mão, uma idéia na cabeça"?

Mais na nota do Guia da Semana
ou no site oficial, em inglês.

domingo, fevereiro 05, 2006

Novos links

Aproveitando a virada do ano, acrescentamos ao menu direito novos links de sites e blogs que discutem Comunicação e Novas Mídias. São eles o Tela Viva, que faz uma excelente cobertura do mercado audiovisual (destaque para o tema da TV Digital) e BrainStorm 9, blog especializado em Publicidade.

De volta

Antigos e novos leitores,

terminadas as longas férias escolares - e um inevitável afastamento do computador e afins -, voltamos com gás total para o semestre e atualização do blog.

Temos logo uma novidade: passa a blogar aqui a jornalista Liana Caldeira, especializada em Arte e Novas Mídias, que assumiu novas turmas da disciplina Novas Mídias. Seja bem-vinda e aguardamos seus posts.

Nossa idéia inicial é desvincular ao máximo o blog das atividades acadêmicas rotineiras de sala de aula, evitando temas pouco relevantes para possíveis visitantes externos e desencontros com os alunos (usaremos sempre a Sala Virtual para disponibilizar tarefas e textos).

A adaptação, no entanto, não tira o caráter pedagógico do site: este continuará sendo um espaço de divulgação e reflexão diretamente ligado às discussões em sala de aula.

Os posts antigos naturalmente continuam disponíveis para consulta.

Para saber mais sobre blogs, vale acessar o post publicado em agosto.

Um excelente 2006!