quarta-feira, dezembro 06, 2006

Democratização x velhas mídias

Debate sobre Democratização da Comunicação, realizado na faculdade Cásper Libero, reuniu pesos pesados do jornalismo brasileiro: Caio Túlio Costa (ex-UOL, hoje IG), Paulo Henrique Amorim (muito bem em seu blog, que reproduz os textos linkados abaixo) e Clóvis Barros Filho (USP/Espm).

A julgar pelos relatos, o que se viu foi um massacre da mídia tradicional:

“Se fizermos uma análise precisa das últimas eleições, vamos perceber que há um grande derrotado nessas eleições, que não é o PSDB. A grande derrotada nessa eleição foi a mídia como um todo, porque não conseguiu formar opinião”, disse Caio Túlio.

Para Paulo Henrique Amorim, a imprensa escrita é a indústria perdedora. Ele disse que produzir jornal no Brasil e em muitos lugares do mundo é um negócio tão promissor quanto:
. Ter uma siderúrgica em Pittsburgh
. Fábrica de automóvel em Detroit
. Ou produzir chapéu Côco em Londres

O professor Clóvis Barros Filho disse que há uma crença de que as notícias de internet são lidas por um universo menor de pessoas. “Mas essas notícias tem uma grande capacidade de agendamento social”, disse Barros.

Só não consegui rodar os vídeos ;-(...

Nenhum comentário: