sexta-feira, novembro 10, 2006

Cobertura online

Como anda a cobertura online do sequestro do ônibus 499,em Nova Iguaçu, onde neste momento um desempregado mantém sua ex-mulher como refém?

Neste tipo de evento o público busca informações praticamente em tempo real. O rádio e TVs por assinatura cumprem este papel, mas como os portais da web estão se virando?

Ao meu ver, o UOL está "apanhando". A chamada principal da home sempre remete para uma matéria publicada minutos ou até horas atrás, dando a sensação do algo importante aconteceu e ainda não foi noticiado. Fora que a Folha Online e o UOL em alguns momentos linkaram para matérias diferentes, num claro exemplo de falta de integração entre as redações.

Com seu complexo de mídias, a Globo.com liberou o acesso à GloboNews (tive dificuldades de ver o video, travou o browser, mas na segunda tentativa funcionou). Pior: do Globo Media Center não há links para as matérias em texto publicadas no G1.

Parece-me o Terra achou a melhor opção. Da home abre-se um pop up com vídeo direto da Rede Record, links para galerias de imagens, notícias minuto-a-minuto ("narração") e para informações sobre o trágico sequestro do ônibus 174, em 2000.

Nenhum comentário: