sábado, agosto 12, 2006

Morte assistida

Notícia garimpada pelo blog do Limc exibe poder de influência dos agrupamentos on-line: um adolescente gaúcho de 16 anos teria cometido suicído após orientação e acompanhamento de integrantes de um fórum (ver matéria do Zero Hora). Evidentemente ele não se matou "por culpa" da internet, mas não deixa de ser assustadora a frieza do diálogo virtual ("Acredito que funcionou (o suicídio) já que ele não tem estado em contato... "). É difícil acreditar que uma conversa como essa possa ser travada pessoalmente.

De todo modo, só mesmo o acordo velado de não divulgar suicídos na grande mídia para evitar mais uma demonização da internet.

Um comentário:

Anônimo disse...

fiquei horrorizada com a notícia!
tenho 16 anos, e nao me passa pela cabeça uma atitude tão errônea e falha em tirar a própria vida mesmo que você esteja passando por dificuldes seja qual for o problema. Sou adolescente, sei disso, mas nao entendo tal fato de que uma "pessoa" (uma figurinha de revista em quadrinho), possa ter tirado a própria vida!!!
É surpreendente, inacreditável, ediondo, macabro, ou seja lá que esse tipo de pensamento for!!
AMO A MINHA VIDA E A TODOS QUE ME RODEIAM. NAO TENHO MENTE FRACA. SEI DIFERENCIAR O REAL DO INRREAL.
POR FAVOR, NAO FAÇAM ISSO! É LOUCURA, TOLICE, FALTA DE AMOR E AMAR ALGUÉM MESMO QUE SEJA AMAR UM GATO, MAS AME, PRESERVE-SE.